Você pede para visitar a cozinha dos locais onde você se alimenta?

sábado, 24 de novembro de 2007

Governo deve substituir 1 milhão de geladeiras: isso ajuda a combater as DTAs?

O governo federal estuda a implementação de um programa que tem por objetivo promover a substituição de 1 milhão de geladeiras até 2010. O intuito do programa Geladeiras Eficientes é conseguir reduzir o consumo de energia no país.“A idéia desse programa é fazer uma sinergia com um programa já existente no âmbito da Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], onde as concessionárias serão estimuladas a se engajarem, via isenção fiscal, assim como os consumidores, que terão geladeiras eficientes a preços mais baratos e subsidiados”.
Do ponto de vista da segurança alimentar, sabemos que um dos principais fatores que contribuem para a ocorrência de surtos da doenças transmitidas por alimentos (DTA) é a conservação deficiente dos alimentos.
Isto inclui conservação em temperaturas abaixo de 60 graus centígrados para alimentos quentes e acima de 5 graus centígrados para alimentos em refrigeração.Ou seja, alimento mantido na zona de perigo ( entre 5 e 60 graus centígrados).Neste momento entram os refrigeradores ou geladeiras domésticas.
Em muitos casos estes refrigeradores estão trabalhando de uma maneira que não realizam a sua função que é manter os alimentos com temperatura abaixo de 5 graus centígrados.Por quais motivos?
  1. Algumas vezes pelo excesso de alimentos dentro do refrigerador o que faz com que a temperatura se eleve. É como uma sala climatizada que foi projetada para comportar 100 pessoas e você coloca 200 pessoas dentro dela.
  2. Outras vezes devido ao mau uso do aparelho, como por exemplo, quando se coloca panelas enormes dentro do refrigerador, ou quando se colocam toalhas nas prateleiras ou mesmo pelo excesso de abrir e fechar da porta.Tudo isso favorece a elevação da temperatura do refrigerador ou mesmo uma falha na refrigeração dos alimentos ali armazenados.
  3. Outro problema também comum é simplesmente a deficiência do aparelho, um defeito ou funcionamento prejudicado pelo estado desgastado do aparelho.E isso com certeza também afeta a temperatura da geladeira doméstica permitindo com que os microrganismos se multipliquem mais rapidamente.

Portanto acredito que este projeto do governo vai ajudar a reduzir muitos surtos de DTAs pelo simples fato de que os alimentos nas residências contempladas serão conservados de forma mais eficiente pelo menos no que diz respeito ao estado de funcionamento do aparelho, mesmo que as pessoas que elaboraram este projeto não tenham sequer pensado nisto.

3 comentários:

Caroline disse...

Professor, como serão essas novas geladeiras? O que elas apresentarão de diferente para serem mais eficientes no combate a ocorrencia de DTAs?

prof. Cláudio Lima, disse...

As geladeiras são colmuns, porém são zeradas, novinhas e por incrível q possa parecer isto vai ajudar a prevenir as DTAs pq muitas residências possuem geladeiras velhas q não trabalham dentro da temperatura recomendada.
abraços

Carol disse...

pra começar deveriam vir jah com termometro instalado, para monitorarmos melhor a temperatura dos alimentos.