Você pede para visitar a cozinha dos locais onde você se alimenta?

domingo, 2 de dezembro de 2007

Carne de Avestruz: comercialização, consumo, nutricão e higiene

Até o final deste ano os consumidores de Fortaleza poderão encontrar com mais facilidade a carne de avestruz em muitos dos supermercados da cidade.

Um frigorífico localizado na cidade de Sobral fez o acerto com alguns supermercados da capital cearense.O objetivo da negociação é tornar a carne da ave mais conhecida da população.

Nos supermercados de Fortaleza estarão disponíveis itens como linguiça, ossobuco, filé, costela, pescoço, miúdos e carne moida.

Desde ontem(01/12/2007) está acontecendo um curso na cidade cujo objetivo é apresentar as características da carne, os pontos de corte, as formas de preparo e todas as dicas para o consumo diário.

Avaliação Nutricional

A carne de avestruz produzida no Brasil tem 66% menos gorduras (lipídeos) do que a carne bovina e três vezes menos colesterol que os cortes de frango e peru, segundo a professora Elisabeth Torres que coordenou um estudo realizado na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP.

A pesquisa utilizou amostras de nove cortes de avestruz fornecidas por uma associação de criadores. O número de calorias e as quantidades de proteínas, lipídios e colesterol foi comparado com as carnes de boi, frango, porco, peru e pato.

Cada 100 gramas de carne de avestruz possui 1,9% de lipídios, enquanto os cortes de boi, porco e pato apresentam 6% e os de frango e peru, 3%", compara. "Cada corte de avestruz possui 22,7 miligramas de colesterol em cada 100 gramas, contra 59 no boi, 61 no porco, 70 no frango, 65 no peru e 77 no pato.

A professora aponta que a carne de avestruz apresenta 100 calorias, enquanto a de boi tem 144 calorias, a de porco 143 e o peru 119. "Como a carne é mais vermelha que a de boi, também há indícios de que apresente concentrações elevadas de ferro, nutriente indispensável para o sangue, o que será verificado em novas pesquisas."

A professora observa que as aparas de avestruz podem ser usadas na composição de alimentos para bebês. "O alto teor de ferro seria um meio importante de prevenir a anemia, muito comum entre crianças, mesmo de classes sociais mais elevadas", afirma.

Higiene e controle de qualidade
  • A manipulação da carne de avestruz deve ser feita em ambientes, balcões, mesas e outras superfícies completamente limpas, bem lavadas e desinfetadas constantemente, para evitar a contaminação da carne e tornando-a imprópria para o consumo humano.
  • Para que não haja perigo de deteriorização da carne de avestruz, esta deve ser mantida refrigerada a uma temperatura de 2C ou menor. Quanto ao seu congelamento, a recomendação é que seja feito a temperaturas inferiores a 18C (dezoito graus negativos).
  • As carnes ou músculos do avestruz, como assado, bife ou bisteca, devem ser cozidos a uma temperatura de 63C. Outros produtos como, por exemplo, a sua carne moída, devem ser preparados a uma temperatura de 71C. Esses produtos do avestruz, quando forem novamente aquecidos, devem ser submetidos à mesma temperatura, ou seja, 71C.
Fontes:Diário do Nordeste ; Rural News citado por Avicultura Industrial;Agência USP de notícias


HUMOR



Email enviado por leitor: avestruz Humano! é mole?

Um comentário:

Tutuz disse...

A Carne de Avestruz é uma delícia mesmo!!
Eu consumo os hamburgueres e kibes da Fazenda Santa Marta que ja vem prontos pra ir no microondas e sao mto bons e SAUDÁVEIS!!!

BJOS